19 de agosto de 2017

ECOCEBRAC BH 2017 chega à sua terceira etapa somando muitas ações de empreendedorismo social.


O Projeto EcoCebrac 2017, com o qual o Núcleo Maria Reciclona mantem parceria e através do qual oferece diversas oficinas de supraciclagem, já está em sua terceira etapa. E muito se fez para chegar até aqui. 

A etapa ECO CONSCIÊNCIA foi desenvolvida de janeiro a março e buscou elevar a importância da conscientização – em relação ao meio ambiente e responsabilidade social. A segunda etapa denominada ECO SOLIDARIEDADE, iniciada em abril, buscou processos e ações que promovessem uma maior reflexão sobre a solidariedade e o retorno moral que esta pode promover. Foi então possível experimentar várias ações de altruísmo e a prática de valores que permanecemos buscando ao longo de todo a campanha e que se prolongam na última etapa: a ECOTRANSFORMAÇÃO quando poderemos vivenciar a transformação nos dois níveis conceituais do projeto: a transformação ambiental e a transformação social. Unindo estas transformações em uma terceira etapa, fechamos o ciclo do EcoCebrac 2017 com a certeza de que estamos aptos a prosseguir como empreendedores e agentes de transformação social. 

O Projeto abriu um caminho repleto de informações, conhecimentos, histórias e atividades para os alunos do Cebrac BH e para a comunidade e tem proposto pensarmos como podemos agir para melhorar nossa realidade social, como reconhecer o quanto podemos ter uma postura ativa e transformadora em relação aos problemas e às situações que cotidianamente nos incomodam e promover mudanças significativas na comunidade onde vivemos e no mundo que nos cerca. 

Alunos e Instrutores do Cebrac BH em visita, com promoção de ações recreativas,  realizada às senhoras do asilo Santa Zita. (Julho 2017)
Os alunos continuam com muitas atividades, pois o encerramento desta campanha 2017 ainda está por vir e até lá, permanecemos com as mãos e mentes ocupadas buscando novas ações promotoras de ecotransformações.
Participação da Feira Ecoarte no Bee Green Boulevard, a maior fazenda urbana da América Latina (Julho 2017).
Para cumprir e realizar cada uma dessas etapas, tivemos várias atividades incluindo oficinas, palestras, visitas guiadas, sessões de cinema, minicursos, bazares solidários, passeios entre outras.

OFICINAS DE SUPRACICLAGEM EM PARCERIA COM O NÚCLEO MARIA RECICLONA

Durante as três etapas do projeto, várias oficinas de supraciclagem coordenadas pelo Núcleo Maria Reciclona foram ofertadas. Muitos resíduos ganharam nova significação, através das mãos habilidosas e dedicadas dos alunos do Cebrac BH. 




Dezenas de lindos objetos foram criados e todos foram destinados a um ecobazar administrado pelos próprios alunos e com verba totalmente destinada à compra de fraldas e produtos de higiene pessoal a serem doados para pessoas em situação de risco social ou vulnerabilidade econômica que se encontram em asilos, casas de acolhimento e hospitais para tratamentos de longa duração. 
Tudo realizado com imenso carinho, muita consciência e busca por ecotrasnformações.

Ecobazar administrado pelos alunos, com renda destinada a ações de empreendedorismo social. 

17 de agosto de 2017

Maçãs com garrafas pet: uma deliciosa forma de decorar e presentear.


As embalagens pet podem render muitos projetos que se prestam a diferentes utilidades. Aqui, as embalagens foram transformadas em belas maçãs que podem ser utilizadas como caixinhas para presentear com guloseimas ou outras delicadezas.


Elas podem ser vermelhas ou verdes, grandes ou pequenas e serão sempre uma ótima ideia para decorar um aniversário com temas infantis como a Branca de Neve .
Veja como fazer:

Materiais:
2 Garrafas Pet com fundo ondulado e do mesmo tamanho.
Tesoura,
Estilete,
Pistola e bastão de Cola quente,
Verniz vitral nas cores vermelho fogo e verde folha,
Solvente (diluente) para verniz vitral
Pincel cerda macia
Vela,
Fósforo ou isqueiro.

Como fazer:
1- Lave e seque bem as garrafas
2- Comece cortando a primeira garrafa pet um dedo acima da marcação do fundo. E a segunda garrafa você deve cortar exatamente na marcação do fundo da garrafa.
Obs.: para proceder os cortes, comece realizando um pequeno rasgo com o estilete e prossiga utilizando a tesoura.
3- Em seguida,utilizando o pincel de cerdas macias e a tinta verniz vitral vermelha, pinte as partes dos fundos cortados das garrafas pet. Deixe secar por aproximadamente 15 ou 20 minutos. 
4- Utilizando agora as partes que sobraram das garrafas, recorte duas folhas em formato e tamanho adequados à maça. Recorte também uma tira de aproximadamente 1,5 cm de largura por 8 cm para fazer o talo. 
5- Acenda a vela e, com bastante cuidado, vá expondo as laterais das folhas ao calor da chama para proceder a selagem e realizar o acabamento. Faça o mesmo com o talo de ambos os lados de forma a torna-lo cilíndrico. 
6- Pinte as folhas e o talo recortados utilizando a tinta verniz vitral verde. Deixe secar. 
7- Após secas as partes, aplique um pouco de cola quente no talo, cole uma folha, aplique cola quente no outro lado do talo e cole a segunda folha. 
8- Feche as duas partes do fundo da garrafa pet já pintadas de vermelho, encaixando uma parte na outra. Aqueça um objeto de metal e faça um furo no centro da parte de cima e encaixe o talo com as folhas coladas nele. Reforce com um pingo de cola quente na parte interna.

Esta pronta sua maçã.


17 de julho de 2017

"Energias Renováveis - A importância da questão energética para o desenvolvimento sustentável" foi tema de mais uma palestra que ministramos em Pirapora - MG.


"Energias Renováveis. A importância da questão energética para o desenvolvimento sustentável" foi o tema de mais uma palestra que tivemos a oportunidade de ministrar, através do programa de educação ambiental do Complexo Solar Pirapora, maior parque de energia solar instalado na América Latina. A atividade aconteceu no último dia 11 de julho, no auditória da Secretaria Municipal de Educação, do município de Pirapora, em MG.

Contando com  a presença de professores e outros servidores municipais, tratamos de importantes aspectos referentes às energias renováveis: solar (térmica e fotovoltaica), eólica, hidráulica, geotérmica, maremotriz e biomassa. Também abordamos aspectos didáticos, apresentamos diversas atividades para composição de planos de aula, vídeos, cartilhas e outros materiais de apoio para os professores poderem melhor compartilhar esta temática com seus alunos.

Apostila e outros materiais de apoio preparados
para o compartilhamento de conhecimentos
 acerca das energias renováveis
Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (1988) é necessário desenvolver nos cidadãos a capacidade de posicionar-se diante de questões que interferem na sociedade, superando diferenças e nela intervir de forma consciente e responsável. Neste sentido, a escola é considerada um espaço favorável para reflexões, desenvolvendo nos alunos mudanças de atitude e comprometimento em relação a questões sociais, como por exemplo, a ambiental. Quando se propõe a discutir no âmbito escolar tópicos relacionados à temática ambiental, cabe ressaltar a importância de se debaterem concomitante, aqueles que dizem respeito à questão energética, um dos grandes problemas do mundo moderno.

A maior parte da energia utilizada no Planeta é de origem não renovável, ou seja, tem origem em recursos que, quando utilizados, não podem ser repostos pela ação humana ou pela natureza em um prazo útil. Além disso, soma-se o fato de que muitos deles têm um grande potencial destruidor do meio ambiente, fazendo com que a energia gerada seja altamente poluente e causadora de desequilíbrio.
Hoje já sabemos que a energia pode ser gerada de forma mais inteligente, menos poluente e menos dispendiosa. Isso ocorre por meio de fontes como a energia hidráulica, eólica, solar, maremotriz, biomassa e geotérmica, por exemplo. Esses são os chamados recursos renováveis, ou seja, são aqueles que quando usados, são naturalmente reabastecidos em um prazo útil para serem reutilizados. E também se constituem em energias mais limpas e com menor capacidade de geração de gases poluentes e causadores de efeito estufa, portanto, mais sustentáveis. Estas discussões não são e não devem ficar restritas apenas a cientistas, estudiosos e governantes, mas fazerem parte de toda a sociedade; logo a escola não pode se omitir do debate; as crianças e adolescentes precisam discutir as questões energéticas de maneira contextualizada, interdisciplinar e abrangente. Eis um desafio para todos os professores que se dispõem a educar em sintonia com as complexas demandas dos tempos atuais.



16 de julho de 2017

Núcleo Maria Reciclona e Ecocebrac juntos na 4ª Edição do Ecoarte.


Novamente, a parceria do Maria Reciclona - Núcleo de ações para sustentabilidade e o CEBRAC BH resultou em uma linda ação realizada no último dia 8 de junho, no BeGreen Farm, a maior fazenda urbana da América Latina, localizada no Boulevard Shopping. 

Na data, aconteceu a 4ª edição da boutique Ecoarte – Arte e Ecotransformados que reuniu 50 expositores entre artesões e artistas, que recebem doações – retalhos, resíduos, material reciclado, embalagens e utensílios – e os transformam em objetos de decoração, arte e acessórios para o lar.



Durante a mostra cultural, que contou com a presença de um público bastante expressivo, alunos do Cebrac BH puderam expor e comercializar os produtos de supraciclagem produzidos ao longo das várias oficinas realizadas  na instituição e coordenadas pelo Maria Reciclona. 


Esta ação conjunta dos alunos, coordenadores e  instrutores do Cebrac BH e do Maria Reciclona marcou o início da terceira e última etapa do Ecocebrac 2017, projeto promovido pela escola e que incentiva ações sustentáveis e de empreendedorismo social.

Neste ano, a exemplo das edições anteriores, a verba obtida através da comercialização dos produtos confeccionados nas oficinas será destinada à compra de produtos alimentícios e de higiene pessoal a serem doados a instituições de assistência social ou diretamente a pessoas carentes.



Durante todo o evento, crianças e adultos passaram pela "Estação Maria Reciclona" onde aconteceram oficinas de plantio de hortaliças e ervas aromáticas e confecção de vasos e regadores com reutilização de material reciclado.


As ações do Projeto Ecocebrac continuam e, através outras muitas ações, permanece buscando promover a ecoconsciência, a solidariedade e transformações sociais . O Núcleo Maria Reciclona se orgulha de poder fazer parte desta história de grande sucesso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...